From design to manufacture: a study of applying Digital Fabrication in architectural production process

The use of Digital Fabrication techniques is increasingly present in the field of architecture and construction throughout the world. Systems such as CAD (Computer-aided Design) and CAM (Computer-aided Manufacturing) have provided technological advances to the architectural design and production process. The possibilities that these tools provide to architects and designers introduce new design approaches, which allow the use of automated production without the rigid standardization imposed by the industrial system.  However, it can be noticed that the use of Digital Fabrication methods in the built environment production process in Brazil is slow when compared to other countries where the technology is widely incorporated. This research focuses on investigating the application of Digital Fabrication, through file-to-factory processes in the production of architectural elements for the construction industry, specifically with the use of 2D subtractive cutting techniques. After a survey on the state of the art in the field and two case studies, the method used was an action research through a file-to-factory exercise. The design process was documented in detail and analyzed in order to systematize the procedures as a reference for future applications in architecture. As a result we expect to contribute to the dissemination of these new technologies in architectural production in the Brazilian scenario.

 

Do projeto à fabricação: um estudo de aplicação da Fabricação Digital no processo de produção arquitetônica

A utilização de técnicas de Fabricação Digital está cada vez mais presente no campo da arquitetura e construção por todo o mundo, devido aos avanços tecnológicos que os sistemas CAD (Computer-aided Design) e CAM (Computer-aided Manufacturing) têm proporcionado aos processos de concepção e produção da obra arquitetônica. As possibilidades que essas ferramentas oferecem aos arquitetos e projetistas abrem caminho para novas abordagens de projeto, que permitem o uso da produção automatizada sem a necessidade de uma padronização tão rígida como aquela imposta pelo sistema industrial. Entretanto, nota-se que a aplicação dos métodos de Fabricação Digital no processo de produção do espaço edificado no Brasil é lento, quando comparado a outros países onde a tecnologia necessária para o exercício da técnica já se encontra amplamente difundida. A presente pesquisa tem como foco investigar a aplicação da Fabricação Digital, por intermédio de processos file-to-factory na produção arquitetônica de elementos para a construção civil, mais especificamente com o uso de técnicas subtrativas de corte 2D. Após um levantamento sobre o estado da arte da área e o desenvolvimento de dois estudos de caso, o método utilizado foi a pesquisa-ação, por meio de um exercício de aplicação do conceito file-to-factory. O processo de projeto foi documentado detalhadamente e analisado para a sistematização dos procedimentos, que servirão de referência para futuras aplicações no campo da arquitetura. Espera-se, com isso, contribuir para a divulgação dessas novas tecnologias na produção arquitetônica no cenário brasileiro.